Processo de limpeza. Conheça os tipos de trocadores de calor!

Os trocadores de calor também podem ser chamados de “aquecedores” ou “resfriadores”. A principal função deles é permitir a troca de calor entre dois ou mais fluidos de temperaturas diferentes, com contato direto ou indireto. A limpeza deles é essencial para que permaneçam em bom estado e possam ter uma vida útil mais longa. Realizá-la com uma empresa especializada é crucial, pois alguns cuidados a exemplo de não fazer a utilização de produtos químicos serão levados em consideração.
Pensando nisso, a Desentupidora Líder desenvolveu este artigo para que você possa conhecer os tipos de trocadores de calor! Prossiga a leitura e veja quais são as suas diferenças.

Tipos de trocadores de calor: saiba quais são eles!

Processo de manutenção e troca entre os tipos de trocadores de calor

A escolha de um trocador ideal deve considerar uma série de fatores. Esses são: as temperaturas, pressões, o estado dos fluidos presentes no ambiente e a natureza desses. Assim, para atender a tantas possibilidades de variações foram criados diversos tipos de trocadores de calor.
Na sequência separamos os cinco principais para que você não tenha dúvidas de qual é o seu no momento de solicitar a limpeza. Confira!

1- Duplo tubo

O primeiro dos tipos de trocadores de calor que trataremos neste artigo é o duplo tubo. Dentre os demais, ele é considerado o mais simples e de fácil aplicação em locais que demandem pequenas capacidades. Ou seja, aqueles que podem ser considerados ambientes pequenos e, por essa razão, sejam mais propícios à refrigeração ou aquecimento com mais rapidez.

Esse modelo de trocador é composto por dois tubos que possuem o mesmo centro. Deste modo, permite que um fluido possa circular pela parte anular enquanto o outro escoa pela parte interna. Essa ação é feita de forma simultânea.

Vale destacar que a troca de calor dentro do tipo duplo tubo é feita na parede do duto interno. Por isso, a limpeza é uma aplicação de suma importância para o bom funcionamento do mesmo. Ela possibilita que resíduos dos fluidos sejam retirados sem que haja danos para o conjunto do sistema.

2- Casco e tubo

O segundo dos tipos de trocadores de calor é o modelo casco e tubo. Ainda que mais complexo que o anterior, ele atende a diferentes variações de pressão, temperatura, fluidos, entre outras.

O casco reveste uma série de tubos cilíndricos que ficam em seu interior. A passagem de um dos fluidos será feita pelo interior de um dos dutos, enquanto a do outro será por fora.

Dessa forma, tal qual o duplo tubo, o trocador de casco e tubo preciso de uma limpeza que atenda às suas especificações. A técnica do hidrojateamento, neste caso, é a melhor solução.

3- Serpentina

As serpentinas estão presentes em diversos modelos de trocadores de calor, sejam esses aquecedores, condensadores ou evaporadores. A principal função delas é permitir a existência da troca de calor entre dois fluidos.

Algo bastante curioso a respeito das serpentinas é o tamanho e formato delas. Eles podem variar de acordo com o projeto de criação dos trocadores de calor. Ou seja, é possível encontrar serpentinas que sejam helicoidais, planas, circulares e muito mais.

Manutenção dos tipos de trocadores de calor

4- Aletados

Os aletados são tipos de trocadores de calor comuns em aparatos que geram uma baixa temperatura, como é o caso das câmaras frigoríficas.

Em geral, os trocadores de aletados são formados por placas de alumínio. Elas podem ser planas ou onduladas. Por essa razão, tornam-se capazes de concentrar a temperatura com pouca variação ao longo de um grande período.

5- Placas

Por último, mas não menos importante, está o tipo de trocador de placas. Ele é formado por um conjunto de placas e barras posicionadas de forma adjacente. Esse fator permite a passagem de fluidos com maior facilidade.

Esse modelo, dentre os demais que foram tratados anteriormente neste artigo, é o que proporciona maior facilidade a substituição das placas e, consequentemente, colabora para a limpeza.

Na hora de escolher uma empresa para realizar a limpeza, opte por uma desentupidora em Campinas!
No nosso blog, veja outros artigos a respeito de outros temas para enriquecer seu conhecimento! Como é feito o transporte de efluente e o que é preciso saber sobre o controle de pragas estão lá esperando por você!

Compartilhe: